terça-feira, 19 de maio de 2009

Revista Piauí



Para quem gosta de um ponto de vista diferente das notícias do que o que temos habitualmente na maioria das revistas, jornais e na TV, recomendo muito a revista Piauí.

Não estou ainda super qualificado para falar dela, pois a descobri recentemente, graças a uma dica de uma pessoa sagaz que conheço, e só li dois números.

Porém, o que eu já li me agradou muito. As notícias são abordadas de maneira mais “dramática”, mas não dramática no sentido de apelação. Dramática no sentido de mais real, mais perto de nossas vivências no dia a dia.

Certos jornalistas dessa revista têm um teor de ironia, sutileza e sarcasmo que formam o espírito ideal para certos tipos de notícias, em minha opinião.

A gama de notícias é bem ampla, passando de cultura, artes e poesia até política, questões internacionais e gastronomia. Não sou muito fã dessa última área, mas admito que até nela, devido à abordagem e exposição da notícia, tenho interesse em ler.

É o tipo de revista pra mim, que não dá para ler uma ou outra matéria isolada, é pra ler do início ao fim.

Enfim, é só uma dica para quem gosta de se manter atualizado com um tempero sutil e realista dos elementos que mencionei acima, a velha ironia e o velho sarcasmo.

Segue abaixo o site da revista. Infelizmente o site tem algumas matérias bloqueadas. Se o cadastro for feito no site, essas notícias tendem a abrir, mas tive uns problemas com isso, pois fiz o cadastro e algumas notícias ainda permanecem fechadas. O melhor mesmo é comprar a revista no jornaleiro e ler.

Caso alguém for comprar, não se assustem, a revista é ligeiramente grande, como um caderno de jornal, bem incomum.


Revista Piauí


Obs.: A imagem dessa notícia é a capa do número 32, de maio.

2 comentários:

...::: A Luciana :::... disse...

Ai, Bond... ficar sem a pespectiva de chegar em casa e jogar as pernas pro alto é desolador rs


Recebi umas edições da Piauí quando ela foi lançada. Não sei se a edição mudou, mas confesso que não gostei nem um pouco da revista quando a conheci, Bond...

Mas acho que é isso. Algumas pessoas gostam mais de certo tipo e estilo de escrita e manifestação.

=****

Daniel disse...

Po, Lu, eu viajei quando li essa revista, rsrsrs. Pena que aqui não tem, não acho pra vender em lugar nenhum, tenho que ir no RJ pra comprar, kkkkkkkkkk