terça-feira, 14 de junho de 2011

White Stripes nos Simpsons

Aqui estou a pensar numa nova banda pra conhecer, no tédio do último dia de folga, ouvindo uns rocks com a reprodução aleatória ativada no Winamp.

Acho que vou ouvir algo do White Stripes pra ver como é. Já ouvi boas críticas a respeito deles e lembro de um episódio dos Simpsons bem bacana em que eles aparecem perseguindo Bart, não me lembro por que motivo. Uma perseguição bem louca, por sinal; meio “quadro a quadro”.

sábado, 14 de maio de 2011

Sleepy Man Banjo Boys

Esse post é só pra mostrar um vídeo bacana que vi por aí na web. Quem já tem o dom e oportunidade pra coisa é outra coisa.
Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa.
A coisa que falei quando disse "outra coisa" quer dizer outra situação.


segunda-feira, 21 de março de 2011

Top Links Sagazes

Agora alguns links interessantes com os quais andei esbarrando por aí esses dias:

GTA IV: Esse site traz todas as informações sobre o jogo, literalmente todas. Achei esse site procurando informações sobre as músicas que tocam na rádio durante o jogo, mas depois vi que pra quem é viciado mesmo e quer completar 100% do jogo, o site ajuda bastante. Tem que ter uma boa paciência também bastante tempo. Mas é interessante pra consultar uma coisa ou outra, como foi meu caso.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Filmes completos no Youtube

Depois de um hiato virtual, volto a soltar alguns posts simples novamente. É ruim quando se sai do ritmo e depois se quer voltar.

Enfim.

Nesses últimos dias tenho caçado muitos filmes para ver na net. Vou falar dos que achei mais interessantes nos posts seguintes.
Por enquanto tenho que indicar um canal bem interessante no Youtube. Chama-se “CinePublicoBrasil”. É um canal com alguns filmes antigos, já de domínio público, inteiros para assistir. Tem uns bem raros como a adaptação cinematográfica Fausto (de 1926) do livro do mesmo nome do Goethe.


terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Como procurar emprego pelo Twitter

Em mais uma matéria muito interessante da Mashable constou algo que tinha que divulgar aqui nesse humilde espaço.

Fizeram um tutorial em vídeo explicando como procurar emprego usando o Twitter. O site é todo em inglês,  voltado para empregos nos States. Mas, usando o mesmo procedimento de busca, me deparei com resultados bem interessantes.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

The Little Girl Who Lives Down the Lane (A Garota do Fim da Rua)

O melhor tipo de filme para mim é aquele filme que consegue tocar quem assiste de maneira que mexe com suas emoções e seus pensamentos. Filmes e histórias que nos fazem indagar sobre o porquê das coisas e porque tudo tem que ser como sempre foi.

Esse filme é um desse tipo. A Garota do Fim da Rua (The Little Girl Who Lives Down The Lane – 1976), dirigido por Nicolas Gessner e como atriz principal uma muito menina ainda Jodie Foster.


Jodie Foster faz o papel de Rynn, uma menina de 13 anos que mora com o pai numa casa numa pequena e pacata comunidade litorânea. O fato de seu pai nunca estar por perto e ela não freqüentar a escola desperta a curiosidade dos moradores que tem falar sobre a vida dos outros como esporte preferido. Daí, uns moradores mais atrevidos tendem a importunar a menina. Não falo mais por que se não estaria revelando demais do filme. Será muito melhor, tenho certeza, ver e constatar o que é e o que não é por si mesmo.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

PS3 desbloqueado.

Segundo uma notícia do Portal Terra, conseguiram, finalmente, desbloquear o PS3 e o PSP. A notícia está correndo pela net bem rapidamente. Segundo diziam os rumores e lendas, o PS3 não seria jamais desbloqueado.


quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Alguns free apps para iPod / iPhone

Nesse post venho falar um pouco de uns apps (aplicativos) que andei experimentando para ipod/iphone.

Alguns são para diversão, outros favorecer a mobilidade, a comodidade e/ou enriquecimento cultural.

Para começar, temos o app “iBooks”. Esse app foi o primeiro que baixei e sua função é gerenciar e permitir a leitura de e-books e arquivos pdf em geral. Bem prático, mostra diversas opções de visualização, tanto em lista como em prateleira. Acho indispensável pra quem quer ler algo no ipod/iphone. É só baixar da app store, ele é gratuito.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Lasgo

De uns meses pra cá andei pesquisando sobre música eletrônica. Nunca parei para ouvir esse estilo com calma e tinha um certo preconceito também. Mas, por que não gastar um pouco de tempo ouvindo pra conhecer melhor? Na verdade algumas músicas eu gostava desde quando o ritmo começou a aparecer pelas rádios brasileiras, só que desconhecia nome de grupos.

Parando pra ouvir com calma, conheci uns grupos bem interessantes. Nesse post venho indicar, para quem quer conhecer o estilo ou pra quem quer conhecer o grupo, Lasgo.

Se trata de um trio formado na Bélgica que apareceu pela primeira vez lá pelo ano 2000. Acho interessante que o ritmo tem umas variações bem legais. Além dos sons eletrônicos, a batida é bem elaborada, possui alguns elementos de outros estilos musicais, mesmo que bem camuflados, o que enriquece o som.

domingo, 2 de janeiro de 2011

Mãe e Filho

"O curioso e dramático, na dialética da relação mãe-filho, é que o filho, para poder ganhar-se, enquanto sujeito humano autônomo, dono do próprio nariz, precisa criar uma distância respeitável, que o separe da mãe. Isto significa que o filho, para ter a mãe, saudavelmente, necessita perdê-la. O mesmo ocorre com a figura materna, na sua relação com o filho. Ter o filho, enquanto pessoa, centrado na própria liberdade, é abrir mão dele, é consentir na sua existência, como inventor de caminhos.

Mãe e filho se perdem para ganhar-se, e se ganham perdendo-se. É esta a contradição geradora da inevitável ambivalência que caracteriza a relação de mãe e filho, nos dois sentidos. Há um luto e uma perda a elaborar, no diálogo entre ambos. Há o tempo que passa, e a nostalgia incurável que dele roreja — pois o tempo não volta nunca. Há, por fim, um progressivo e doloroso reconhecimento de imperfeições, perdas e danos: a mãe,. com o tempo, se torna menor, na medida que o filho cresce, até que mãe e filho passam a ser do mesmo tamanho — ambos se tornam maiores."

(Hélio Pellegrino, no prefácio do livro "The Supermãe", do Ziraldo)

sábado, 1 de janeiro de 2011

Clarice e Hélio Pellegrino

Mas um trecho de uma entrevista que li no livro Entrevistas, de Clarice Lispector, que me deu vontade de postar aqui. Dessa vez trata-se de Hélio Pellegrino, psicanalista e escritor brasileiro, de MG.

Clarice: Hélio, é bom viver, não é? É, pelo menos, a impressão que você me dá.