terça-feira, 25 de maio de 2010

Cool Guys Don't Look At Explosions

-->
Vendo um vídeo de um quadro do SNL, comecei a refletir e vi como faz sentido.

Caras fodões nunca olham para as explosões. Só os trouxas o fazem.
Quando tudo está um caos, o mundo está pegando fogo e as cinzas escurecem os céus, eles simplesmente viram as costas, andam com olhar frio e em câmera lenta.

Eles estão acostumados ao caos, já viveram coisas piores, e uma simples explosão ou efeitos pirotécnicos não são dignos nem de um olhar de soslaio. Eles são bad, bad guys.

Regras do assédio sexual e o Bom de Guerra

Essa imagem eu vi no blog Corto Cabelo e Pinto. De tanto rir, decidi postar aqui, juntamente com um videozinho que vi no youtube.
A imagem é uma foto de um cd pirateado de um jogo famoso, chamado "God Of War"...


E o vídeo é um quadro do programa Saturday Night Live, que passa na Sony. Tenho que mencionar que, apesar de ser humorístico, o vídeo retrata bem a realidade, pelo menos em alguma porcentagem dos casos; sem generalizar, eventualmente.(O vídeo está espelhado, infelizmente, mas da pra entender)

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Criaturas que habitam meu lar


Estou morando num lugar ermo, afastado das coisas modernas, como algumas das pessoas que visitam esse blog de tempos em tempos sabem. Não acho legal morar em lugares assim, pelo menos não na atual fase da vida em que me encontro. É interessante vir, passar uns dias e tudo mais, mas pra morar, não acho uma boa. São vários os fatores que me fazem pensar assim, mas não falarei deles agora.


Esse post é sobre as criaturas que se passa a ver (e algumas vezes a conviver), ao se morar no meio do mato. De uns dias para cá comecei a registrar esses momentos de encontros selvagens, tal como um apresentador de programa da Discovery, com a câmera do celular. E aqui tenho algumas fotos para mostrar. Ainda faltam outras que postarei eventualmente no futuro, talvez.

The Razorblades - The Dark Side Of The Beach


Com muito sacrifício consegui hoje ouvir um álbum que tive certo trabalho para encontrar. Trata-se da banda de surfmusic “The Razorblades”.
Na trilha que segui para achar o álbum deles em questão, descobri que existe uma banda de punk paulista com o mesmo nome, o que me desagradou bastante. Não o som da banda punk (mesmo por que nem ouvi), e sim pela sua simples existência com esse mesmo nome.
 
No início do blog da The Razorblades (a banda de surfmusic), li um diálogo ilustrativo que mostra o quanto é desconhecido esse estilo musical:

Reflexão sobre um futuro qualquer


Outro dia me peguei a pensar sobre como os sistemas de pesquisas serão no futuro.
Pensei sobre o passado, onde (eu pelo menos) se pesquisava em bibliotecas (apesar de eu não ter as frequentado muito),  para fazer algum trabalho ou descobrir alguma informação. Nos livros velhos de sebos, com o cheio de poeira e tudo mais.

Hoje em dia é tudo na internet, tudo no Google. Não sabe quem pintou a Monalisa? Vamos ao Google. Não sabe qual é o Princípio de Bernoulli? Vamos ao Google. Não sabe fazer arroz? Enfim, tudo no Google.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Surfmusic para relaxar na segunda


Depois de um dia, que apesar de ser de folga, cansativo, não tem coisa melhor do que ouvir uns sons de surfrock.

É melhor depender só de si do que dos outros. Isso não tem nada a ver com o assunto, mas é verdade. Uma das piores coisas acho que é ficar a mercê de outras pessoas, sejam amigos, conhecidos ou familiares. Você não tem como argumentar, pois está numa situação que não lhe dá opção. Sua única opção é pular fora, abandonar o navio e passar a remar sozinho em sua própria embarcação, mesmo que seja uma simples canoa.

Tenho 100% de certeza que isso vale a pena, apesar de cansar mais os braços. No final você nem vai precisar ir à academia.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Olhar de suspense

O olhar de suspense mais famoso do mundo:




Não canso de ficar vendo esse video repetidas vezes.