sexta-feira, 19 de junho de 2009

Starcraft 2 poderá sair sagazmente ainda esse ano.



A nova versão do clássico jogo de estratégia Starcraft está quase pronta e será lançada ainda esse ano, provavelmente, segundo a produtora Blizzard (foi anunciada a sequência em 19 de maio de 2007).


A já consagrada Blizzard, produtora e editora de diversos jogos, como The Lost Vikings, Blackthrone, Rock N’ Roll Racing, Diablo, Warcraft, dentre outros, começou suas atividades lá por meados de 1991 (nessa época se chamava Silicon & Synapse) e até hoje está na ativa, agora mais voltada para jogos para PC e Mac.


O jogo mais recente deles que joguei foi o Warcraft 2 e o Diablo 2, portanto ando meio desatualizado em termos de experiências nos games, porém sempre fui grande fã de Starcraft.


Starcraft é um jogo de estratégia bem parecido com o Warcraft em diversos aspectos básicos referentes à estratégia, porém o enredo e as épocas “históricas” são completamente distintas. Starcraft foi o jogo mais vendido em 1998, chegou até a ganhar o prêmio de melhor jogo de estratégia para computador do ano, concedido pela Academy of Adventure Gaming Arts and Design. Cerca de 9 milhões de cópias foram vendidas no mundo desde o seu lançamento.

Na Coréia do Sul existem até competições profissionais, com equipes patrocinadas por grandes empresas e transmissão de batalhas pela TV.


Eu tinha aqui no meu PC esse jogo, mas emprestei para um amigo o CD e esse amigo viajou, e agora estou impedido de jogar, mas a primeira versão é bem fácil de conseguir; em lojas como a Casa & Vídeo, se vende em preços promocionais, cerca de 10 reais. É uma boa pedida pra quem curte estratégia.


Um dos designers, Chris Sigaty, falou em uma entrevista, no site Press 2 Play (o site está em sueco, mas da pra traduzir pelo google), que a intenção é lançar o jogo até o fim do ano, porém falou também que não será lançado até que esteja perfeitamente acabado.


As raças presentes no jogo serão as mesmas da primeira versão, os Terrans (os mais adaptáveis às condições externas), os Zergs (consciência coletiva artrópode – animais invertebrados caracterizados por possuírem membros rígidos e articulados) e os Protoss (guerreiros humanóides utilizadores de tecnologia psiônica - fator ou energia utilizado para obter um evento para psíquico).


O enredo básico do jogo se passa num futuro pós-apocalíptico, mais precisamente, no ano de 2499, onde já não restam mais recursos naturais no planeta Terra, e aí a humanidade passa a viajar pelos outros planetas do universo para continuar existindo; explorando e gastando recursos naturais de outros planetas. O que gera uma certa dúvida: em vez de usar a tecnologia avançadíssima para se viajar para outros planetas, por que não usar para criar outros meios de obter combustíveis e recursos no planeta? Mas enfim, é somente um jogo, não precisa ter muito sentido. O que diria uma pessoa sensata de um encanador italiano bigodudo que disputa competições de kart e atira cascos de tartarugas em seus adversários, também deveras incomuns?


Segue abaixo um vídeo com o trailler do jogo:




Fontes:


Wikipédia - Blizzard

Wikipédia - Starcraft

G1

Site oficial do Starcraft

Site da Blizzard Entertainment

2 comentários:

Shogun disse...

Po cara demais, eu me amarrava em starcraft, jogava muito. Deve estar fodaço.

Daniel disse...

Com certeza, cara, parece estar muito maneiro; a inteligência artificial dos personagens deve ter aumentado.