domingo, 14 de junho de 2009

Uma Família da Pesada (Family Guy)


No seguimento de humor negro, esse desenho criado por Seth Macfarlane em 1999 para a FOX, explora mais o âmbito sarcástico e ácido da vida do que seus semelhantes, como Simpsons, South Park e outros.

Além do gênero extremamente ácido e sarcástico, o desenho tem certas pitadas de nonsense e é repleto de flashbacks inesperados e exóticos.


A família Griffin mora na cidade de Quahog, Rhode Island (cidade fictícia) e lá se envolve em diversas situações, ora abordando mais uns personagens, ora outros, mas sempre colocando o Peter, chefe da família Griffin, em destaque.

Peter lembra em muitos aspectos o arquétipo do Homer Simpson, embora tenha certas diferenças na personalidade que o difere bastante.


As sátiras feitas de outros desenhos, filmes, seriados e bandas musicais merecem grande destaque. Especialmente as versões “alternativas” de clássicos musicais como a versão acústica que Peter toca e canta da música Rock Lobster (do B52’s), para Cleveland (seu amigo e vizinho) com o objetivo de tentar animá-lo, depois de um problema amoroso de Cleveland com sua esposa Loretta.

Brian, o cão animal de estimação da família, dotado de inteligência elevada e maneira de viver “estilosa” também merece destaque. É um dos personagens que considero mais engraçado, depois do Peter.


Pra quem curte o gênero, eu recomendo muito, é imperdível.

Mas para quem não curte o estilo e quem tem para si que certos temas como racismo, homossexualidade, problemas envolvendo drogas, entre outros não devem ser alvos de brincadeiras, não é uma boa opção; assim como não deve ser uma boa pedida para pessoas que levam muito a sério brincadeiras e são sensibilizadas com assuntos abordados geralmente com seriedade e dramaticidade por outras fontes.


Não estou dizendo aqui que sou de total acordo com tudo que o desenho passa, mostra ou da a entender e muito menos pelo que cada um que assisitir pode interpretar; mesmo por que o desenho ainda é produzido atualmente e eu não vi todos os episódios existentes.


Fica aqui a dica; e para quem quiser assistir agora mesmo, o site do canal por assinatura FX tem vários episódios inteiros para se ver on-line, legendados.


A FX passa diversas vezes durante a manhã e durante a noite, em diversos horários (uns dublados e outros legendados).

A Globo também costuma passar versões dubladas nas madrugadas dos domingos.


Site da FX : FX - Televisão para grandes homens

Site da Globo: Rede Globo

Nenhum comentário: