segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Lasgo

De uns meses pra cá andei pesquisando sobre música eletrônica. Nunca parei para ouvir esse estilo com calma e tinha um certo preconceito também. Mas, por que não gastar um pouco de tempo ouvindo pra conhecer melhor? Na verdade algumas músicas eu gostava desde quando o ritmo começou a aparecer pelas rádios brasileiras, só que desconhecia nome de grupos.

Parando pra ouvir com calma, conheci uns grupos bem interessantes. Nesse post venho indicar, para quem quer conhecer o estilo ou pra quem quer conhecer o grupo, Lasgo.

Se trata de um trio formado na Bélgica que apareceu pela primeira vez lá pelo ano 2000. Acho interessante que o ritmo tem umas variações bem legais. Além dos sons eletrônicos, a batida é bem elaborada, possui alguns elementos de outros estilos musicais, mesmo que bem camuflados, o que enriquece o som.

A vocalista Evi Goffin (só gravou os dois primeiros álbuns, depois saiu para se dedicar à vida de mãe) tem uma voz bem peculiar, é o tipo de som que prende sua atenção. Pela batida da música eletrônica e seu ritmo, há o senso comum que diz que esse tipo de música deixa as pessoas mais agitadas. Concordo com isso em parte, mas o Lasgo tem algumas músicas mais “baladinhas”, e mesmo nas músicas normais, que refletem em seu som uma clima bem relax. É muito bom ouvir e esvaziar a cabeça dos pensamentos estressantes do nosso dia a dia impulsionado pela informação desenfreada.

Enfim, eles lançaram até hoje 3 álbuns:

O primeiro e clássico Some Things (2002), que tem hits bem famosos como Something, Pray e Alone.

O segundo, também bem famoso, Far Away (2005), com destaque para as músicas Surrender e All Night Long.

E o terceiro e último (até o momento), Smile (2009), já com a nova vocalista, Jelle Van Dael.

Os três álbuns são muito bons, mas pessoalmente prefiro o primeiro.
A nova vocalista foi escolhida num programa similar ao “Ídolos” e, apesar de desagradar os fãs ortodoxos, não fez com que a banda caísse na muitas vezes subestimada zona do esquecimento musical.

Recomendo ouvir o som, segue abaixo um vídeo de um clipe deles. Para quem quiser baixar, recomendo dar uma olhada no site 4shared. Mas esse tipo de banda vale a pena comprar os álbuns originais.
 

2 comentários:

Guilherme disse...

ótima postagem que você fez!!
Parabens!

Daniel disse...

Valeu pelo elogio, cara. Que bom que curtiu.