sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

The Little Girl Who Lives Down the Lane (A Garota do Fim da Rua)

O melhor tipo de filme para mim é aquele filme que consegue tocar quem assiste de maneira que mexe com suas emoções e seus pensamentos. Filmes e histórias que nos fazem indagar sobre o porquê das coisas e porque tudo tem que ser como sempre foi.

Esse filme é um desse tipo. A Garota do Fim da Rua (The Little Girl Who Lives Down The Lane – 1976), dirigido por Nicolas Gessner e como atriz principal uma muito menina ainda Jodie Foster.


Jodie Foster faz o papel de Rynn, uma menina de 13 anos que mora com o pai numa casa numa pequena e pacata comunidade litorânea. O fato de seu pai nunca estar por perto e ela não freqüentar a escola desperta a curiosidade dos moradores que tem falar sobre a vida dos outros como esporte preferido. Daí, uns moradores mais atrevidos tendem a importunar a menina. Não falo mais por que se não estaria revelando demais do filme. Será muito melhor, tenho certeza, ver e constatar o que é e o que não é por si mesmo.




É interessante ressaltar a maneira filosófica e crítica com que Rynn enxerga a vida e os costumes sociais habituais, por raciocínio próprio ou orientação paterna talvez.
Regado com concertos de Chopin o filme fica com um clima bem marcante e melancólico, seja a situação de felicidade, tristeza ou raiva e quietude.

Me impressionou a atuação da Jodie Foster, tão novinha e já com grande talento.

Dois diálogos interessantes entre Rynn e alguns personagens:

Mario: Mas... e sobre a escola?
Rynn: Escola é ter pessoas te dizendo o que a vida é e nunca descobrindo por si mesmo.

Rynn: 13 anos significa que não tenho direitos, é isso que quer dizer?
Mrs. Hallet: 13 anos significa que você deveria estar na escola.

O filme se encontra para download no blog sanguinolento, traduzido como “A Menina do Outro Lado da Rua”.

Segue abaixo o trailer:


Fonte: imdb

Nenhum comentário: