segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Sharknado - Tubarões enlouquecidos, uma galerinha muito louca e altas confusões

Sempre fui fã de filmes de terror, tanto os clássicos, quanto os mais recentes e os da categoria que definimos como “Trash”, geralmente ambientada nos anos 80.

E, como sempre, vagando pela net a fora, sem rumo, me deparei com uma obra cinematográfica “incrível” no Netflix. O filme “Sharknado”.

O que falar desse filme? É dispensável dizer aqui que fui assistir o filme na mesma hora. Filmes de terror toscos são meu ponto fraco. É praticamente impossível não parar pra assistir. E por que isso? Talvez por que seja uma verdadeira comédia, e é sempre bom rir.





Antes de ver, fui dar uma “passada de olhos” no elenco. Vai que tem algum ator conhecido no filme? Me deparei com os 3 principais:

Ian Ziering, de Barrados no Baile

John Heard, de Esqueceram de Mim (Home Alone) e Quero ser Grande (Big)

Tara Reid – American Pie.

Só conheci de primeira a Tara Reid, claro, de American Pie...
Quanto ao Ian Ziering e o John Heard, me lembrei depois de dar uma pesquisada na net.

Conclui que o elenco não oferecia muitas expectativas e isso me empolgou mais para ver o filme. Fui ler a sinopse e quando li algo como “tsunami, ondas gigantes e furacões levam tubarões esfomeados para a cidade” tive certeza que teria que assistir essa pérola.

E o filme foi como realmente imaginei, extremamente divertido. “Tubarões” voando pelos ares, entrando por janelas de prédios, pousando em capôs de carros nas ruas, e até caindo de boca aberta em pedestres desprotegidos.

Esse tipo de filme deve ser visto com a mente aberta. Deve se desligar de todo e qualquer embasamento científico, lógico e metafísico a respeito do mundo onde vivemos. Esse filme existe numa realidade onde os tubarões são vampiros voadores esfomeados, e eles não se apaixonam por meninas inexpressivas.

Não há muito mais a ser falado, só é necessário ser visto. Por isso recomendo esse filme a todos que curtirem filmes de terror alternativos, underground, lado b, toscos e bizarros.

Destaque pra cena final, que não vou falar aqui para evitar spoilers, mas garanto-lhes que é uma cena final sem precedentes.

Enfim, fica o trailer do filme aqui:


  
Fontes:


Nenhum comentário: