domingo, 31 de janeiro de 2010

Ratos e Homens (Of Mice and Men)


Hoje vi um filme chamado Ratos e Homens. Um filme do qual não esperava muito, por não gostar muito de um dos atores que nele trabalhou: John Malkovick (que faz o papel de Lennie). Não sei por que, mas não vou muito com o jeito dele.
Só que esse filme mudou minha opinião sobre o trabalho dele. Achei ótima a interpretação dele. Realmente fantástica.

Esse filme é baseado em um livro do escritor americano John Steinbeck. É a história de dois amigos, George e Lennie. George (Gary Sinise, também diretor do filme) é um cara esperto e com certa experiência de vida. Lennie é uma criança em corpo de adulto. Sua inocência é absurda, chega a ser perigosa, como o filme mostra. Lembra muito o famoso príncipe Liev Nikoláievitch Míchkin do O Idiota, de Dostoiévski.

George: Vá dormir, Lennie.
Lennie: George?
George: Vá dormir, Lennie!
Lennie: Eu estou dormindo, George.

A diferença é que Lennie já tem um relacionamento de amizade muito forte com George, e confia plenamente nele; são amigos de infância.

Eles vivem na periferia da sociedade, trabalhando praticamente por comida e moradia. A história se passa nos anos 30, na época da recessão econômica. Eles andam fazendo bicos em fazendas da Califórnia.

Em uma determinada fazenda é que se passa 90% da história. Outros personagens, menos “importantes”, porém marcantes, vão aparecendo na história. A relação de amizade é muito trabalhada nesse filme, entre homens e entre homens e animais. Achei também que foi bem ressaltado como pode uma mulher causar tanta confusão no núcleo da história. Mas não farei julgamentos, fica aqui a dica para quem quiser ver. Achei muito bom realmente. Vale a pena gastar umas horas da vida vendo essa história percorrer o seu caminho mesclando os sentimentos humanos com problemas sociais e a esperança por um futuro melhor.
Abaixo o trailer do filme:


O filme me deixou tão empolgado que vou procurar o livro para ler e me aprofundar nos nuances da história e ver a idéia que gerou tudo isso. Ao pesquisar na net, vi que existe uma edição de bolso desse livro, para minha (e a de muitos leitores) alegria, custando somente R$ 13. Encontrei na Livraria Cultura.

Fonte: imdb 
Reblog this post [with Zemanta]

Nenhum comentário: